3GEN

Orçamento Matricial gaste menos fazendo mais

Já discutimos por aqui as vantagens da utilização do orçamento base zero e sua utilidade na gestão financeira, dado o cenário macroeconômico,  as inúmeras oportunidades e, ao mesmo tempo, enormes desafios para o crescimento e empresarial, que exigem uma gestão de recursos mais aprimorada.

Queremos abordar nesse algumas vantagens no controle orçamentário com a utilização de um outro modelo de orçamento: o Matricial.

Evandro Lopes - Sócio da 3GEN

Relembro-vos que as organizações tem uma dependência direta de novas tecnologias, de uma capacidade de gerenciar adequadamente seus riscos operacionais, de uma constante necessidade de qualificação de seu capital intelectual, de um aprimoramento inevitável de seus recursos materiais e financeiros, além de dependerem diretamente de novos ferramentas e avanços tecnológicoss que possam capacitar seus gestores no caminho da maximização da riqueza dos acionistas.

Continuam valendo as inteferências de fatores exógenos, como a pandemia (que nesse momento se reapresenta ao redor do mundo), os desdobramentos da guerra entre Ucrânia e Russia, afetando a economia global e elevando o custo de vida de muitos de nós, haja vista por exemplo os combustíveis aqui no Brasil em franca disparada e outros fatores que requerem muita atenção dos gestores no controle das operações financeiras de suas organizações.

Como gestor da área financeira, permaneço em constante busca de soluções que atendam as demandas aqui da empre e acredito que você leitor, esteja diante dessa mesma conjuntura, realizando vários estudos, visando, especialmente, a criação  deferramentas que buscam o aprimoramento da geração de informações para a qualificação do seu processo decisório, tanto na fase de planejamento, na fase de decisão, como na fase de controle da gestão.

Portanto,  nosso objetivo é apresentar quais as vantagens e desvantagens do controle orçamentário empresarial com a do Orçamento Matricial.

 

ORÇAMENTO MATRICIAL

O Orçamento Matricial, também denominado de Gerenciamento Matricial de Despesas, é uma metodologia gerencial que serve de apoio ao planejamento e controle orçamentário e que pode ser implementado por qualquer empresa, independente do porte e perfil.

É recomendado às empresas que procuram o acompanhamento diário de seus custos, de forma a tornar a empresa mais competitiva em termos de preço, qualidade e serviço ao ofertar seus produtos. É um dos métodos de gestão empresarial que vem sendo utilizado por empresas de vanguarda, pois apresenta regras claras e controle permanente das atividades por diretoria, gerência, departamento e setor.

Esse modelo orçamentário potencializa a alocação de recursos

através do refinamento dos detalhes do consumo dos recursos e dos controle, gerando, como consequência, a redução dos custos e despesas fixas, através de análises detalhadas dos gastos, metas de redução específicas para cada gasto em cada departamento, sempre buscando o alinhamento com as prioridades estratégicas da empresa.

O objetivo principal da elaboração do Orçamento Matricial é gastar menos fazendo mais, incorrendo em redução de valores de alguns itens. No entanto, essa redução de alguns valores deve ocorrer sem prejudicar a satisfação do cliente e remuneração ao acionista.

No Orçamento Matricial, da mesma forma que no Orçamento Base Zero, são definidos pacotes de gastos e os gestores de cada pacote são responsáveis pelo controle e gestão dos gastos de determinada conta, definindo metas preliminares para cada unidade de negócios e estabelecendo padrões de gastos de acordo com a organização, com o compromisso de produzir mais e gastar menos, assim, cada unidade de negócios deve servir de modelo para as outras áreas.

O gestor da conta de viagens, por exemplo, tem a missão de garantir que a execução seja realizada conforme definido no planejamento estratégico da empresa, ao mesmo tempo em que cada gerente de cada unidade ou setor é responsável pelas despesas do seu departamento.

Orçamento  Matricial apresenta algumas vantagens, tais como:

  • grau de controle elevado tanto por parte dos gestores dos pacotes quanto pelos gerentes de cada departamento, de forma adequada e coerente;
  • melhor visão de comportamento dos gastos, pois cada gerente pode comparar seus gastos com os de outras unidades;
  • especialização do gestor de pacotes, proporcionando condições de conhecer e propor iniciativas para racionalização dos gastos;
  • integração entre os gestores afim de equilibrar os interesses de cada unidade funcional;
  • redução de desperdícios por meio de melhor realocação ou eliminação de gastos desnecessários;
  • aprimoramento técnico das equipes de trabalho;
  • cumprimento de prazos;
  • uso adequado dos recursos;
  • regras claras e controle contínuo das atividades.

Na elaboração do Orçamento Matricial deve ser analisada a natureza dos gastos e sua relevância para cada setor e para a organização como um todo, não sendo considerados como base para sua elaboração valores passados acrescidos de taxa de inflação ou porcentagens de 5% ou 10%, seguindo os mesmos conceitos de projeção para os valores do Orçamento Base Zero.

Embora existam várias críticas a esse modelo orçamentário, as vantagens identificadas suplantam sobremaneira os pontos fracos, especialmente considerando o foco central do modelo na redução de custos e a participação e os compromissos incutidos em seus participantes no que se refere ao controle de gastos.

Sócio 3GEN Evandro
EVANDRO LOPES
Sócio da 3GEN, Evandro é formado em Administração de Negócios pela Universidade de Sorocaba. Em 2005, iniciou sua carreira em empresa nacional do setor da construção, atuando nas áreas de gestão administrativa e planejamento financeiro. Desde 2011 vem atuando para assegurar que o desempenho de projetos esteja refletido de maneira transparente nos demonstrativos financeiros e contábeis, operacionalizado aspectos econômicos e financeiros, monitorando evolução de custos, cash flow, orçamento e forecast.
1Gostei
0Amei
0Engraçado
0Pasmo
0Triste
0Não curti