Empresa de Consultoria

Gerenciamento da execução da estratégia

Planejamento estratégico - Parte 3

Insights e publicações

Planejamento Estratégico: gerenciamento da execução da estratégia – Parte 3

Depois de mapear a estratégia, traduzindo-a em uma linguagem comum a todos na organização, é necessário alinhar a Estratégia à gestão, estabelecendo um processo continuado de avaliação do desempenho e fundamentando a tomada de decisão com foco no longo prazo.

Assegurar que a estratégia seja efetivamente executada implica uma importante alteração na dinâmica. Assim como, na tomada de decisões da organização e na incorporação de um processo sistemático de controle e análise de resultados. Em última análise, é fazer com que a reflexão estratégica e a questão “estamos no caminho certo? ”, sejam parte do dia-a-dia dos executivos.

Esta é uma verdadeira contradição com o discurso de preocupação com a execução da estratégia. Ou seja, embora amplamente aceita em tese, a priorização da pauta de longo prazo nas reuniões executivas é uma grande dificuldade nas organizações.

A limitação de tempo dos gestores faz com que reuniões com foco na estratégia não sejam priorizadas ou não tenham a atenção adequada. O comprometimento dos executivos com a agenda estratégica e a manutenção do tema na pauta das reuniões executivas é fundamental para a execução.

Concluindo…

Na maioria das organizações, os executivos são capacitados para a formulação das estratégias competitivas dos negócios. Mas, não para sua implementação.

planejamento estratégico

A adoção de um ciclo formal de execução da estratégia facilita a definição e desdobramento da estratégia. Assim como, a adequação do modelo de gestão para atender às demandas do negócio.

O BSC atua como importante mecanismo para acompanhamento da estratégia e suporte à tomada de decisões. Acima de tudo, fundamentado em indicadores e projetos. Portanto, refletem o processo da organização em direção à sua visão de futuro.

A ferramenta de monitoramento da estratégia produz resultados e auxilia na execução da estratégia. Porém, tem que ser utilizada na sua plenitude. A definição de um processo formal de gestão da performance é de vital importância.

Sem a periódica mensuração dos indicadores. Sem o acompanhamento dos projetos estratégicos e sem que as reuniões para tomada de decisão sejam realizadas. Certamente a execução não estará orientada pela estratégia.

O ciclo de execução da estratégia é, na sua essência, um processo que visa o estabelecimento de uma sistemática de gestão. Ou seja, visa a integração da estratégia na tomada de decisões. São passos elementares para que uma organização coloque seu foco na estratégia e com isso a execute efetivamente.

Certamente, o caminho para uma execução de alto impacto não é simples. Mas pode trazer importantes ganhos para o uso dos recursos, cada vez mais escassos e, sobretudo ampliar o foco da organização nas prioridades de longo prazo.

 

  • Aline Vênere

    Sócia Consultora na 3GEN, graduada em Economia e pós-graduada em Comércio Internacional pela UNIFACS – Universidade Salvador. Possui experiência em formulação, implementação e governança da estratégia. Em 2001, iniciou a sua carreira em um grupo nacional de grande porte, trabalhando nas áreas de Suprimentos, Controladoria, Inteligência de Mercado, Planejamento Estratégico e Gestão de Negócios. Desde 2007, atua como consultora em projetos de planejamento estratégico analítico e participativo, desdobramento da estratégia, implementação de Balanced Scorecard, redesenho de processos e gerenciamento de projetos, em organizações de diferentes setores, públicas, privadas e do terceiro setor.